“Nossa história foi escrita torta de propósito pra gente se cruzar.”

Gabito Nunes.   (via excitar-se)

“Eu chorei. Chorei muitas vezes. Ainda choro, pra ser sincero. Mas eu sempre supero.”

Allax Garcia.   (via excitar-se)

“Amar não é apenas dizer “eu te amo”, é ter a capacidade de provar isto todos os dias.”

Alex.   (via excitar-se)

Aí, dengo,
fui até a padaria comprar o nosso pão. Não quis te acordar, tava tão lindinha que parecia até uma anjinha dormindo. Quando levantar arruma a mesa, prepara o café sem muito açúcar, por favor. Eu sei que não sou o cara que a tua mãe sonhou pra você, mas tô tentando melhorar, tá? Sei que eu nunca fui tão carinhoso quanto você queria. Sei que nunca liguei na madrugada pra você dizendo que só queria ouvir a sua voz de sono e dengosa. Nunca fui de falar que eu te amo ou que tudo isso iria durar para sempre. Sou do tipo que deita na cama e diz que ta com vontade de você, afinal o nosso caso também é prazer, não é? Eu sei que muitas das minhas atitudes são de moleques, ou minhas palavras transmitem frieza. Mas é meu jeito, cara. Por dentro eu sou uma manteiga derretida, que sofre e chora por medo de te perder. Eu sou um mané, um otário, um bobo. Um bobo completamente apaixonado por você.
Eu sei o quanto tu é preguiçosa e que talvez pule uma boa parte disso aqui. Mas eu só queria terminar dizendo isso. Eu te amo, de verdade.
Ps: Quando levantar, põe o casaco. Hoje amanheceu chovendo e ta frio pra caramba. Volto logo, não demoro. Te amo, seu bobão.

Um bilhete deixado na porta da geladeira segurado pelo ima de coraçãozinho preferido dela.  (via excitar-se)

“Errei, errei feio. Não só por ter te magoado, ter feito você chorar. Mas por ter dito pra você naquela briga que era pra me esquecer. E o que você fez? Me obedeceu.”

All i wanted was you.  (via excitar-se)

“Cama,
Travesseiro,
Frio,
Cobertor.
Assim como o tempo,
O meu coração também esfriou.

Receptível.   (via excitar-se)

“E continuo. Apesar da saudade. Apesar de me sentir pela metade. Continuo porque é o que resta. Aprendi que se a gente não levar a vida, ela nos leva de qualquer jeito”

— Caio F. Abreu

“Eu te amei mais do que você jamais vai saber. E uma parte de mim morreu quando eu deixei você ir”

LifeHouse.    (via excitar-se)